Conto

destruição

Olá pessoal!!!
Como logo vão começar as provas, resolvi fazer um post.
Neste eu vou publicar um conto de terror que escrevi há algum tempo.
Espero que gostem!!
^^

Esquecimento

Todos os dias passam por mim muitas pessoas que ignoram minha existência ou simplesmente não percebem que estou ali. Isso tem algumas vantagens, como, por exemplo, sempre sei as notícias em primeira mão e ninguém nunca me incomoda se eu permaneço lá no meu canto, como se não existisse.
No entanto, isso se mostrou uma desvantagem em um certo dia. Jamais esquecerei os horrores visto naquele lugar e tudo por causa de minha curiosidade. Contarei a seguir o desenvolver dos fatos.
Era dia normal, como qualquer outro naquela cidade, eu estava novamente sendo ignorada naquele meu canto quando passou um grupo de homens conversando em um dialeto diferente do meu. Eu nunca havia visto estrangeiros na cidade, portanto, resolvi segui-los. Mal sabia que a conversa era sobre morte e destruição em massa.
Eles seguiam para a cidade vizinha, pude identificar o nome da cidade. Assim que soube que iriam para aquela cidade, resolvi tomar um atalho e ver o que pretendiam.
Eles estavam com um meio de transporte que nunca havia visto, portanto, chegaram antes de mim. Não sei se foi sorte ou azar isso, pois pude presenciar do meu esconderijo a detonação de inúmeras bombas naquela cidade. Aquilo gerou uma nuvem de fumaça tão espessa que continuou avançando para onde eu estava escondida, então tive que correr em direção a uma ponte que havia perto. Quando finalmente a alcancei vi a nuvem de fumaça se desvanecer e os estrangeiros rindo e comemorando. Curiosa me aproximei para ver a cidade. Tudo estava destruído.
Pergunto-me o porquê da minha curiosidade ser maior que meu medo até hoje. Não contente com a destruição vista de longe me aproximei e adentrei na cidade. Preferia não ter visto nada daquilo. Haviam partes de corpos espalhados pela rua, ou o que sobrou dela. Quando se encontrava corpos inteiros e com pele, ele logo começava a se desfazer na minha frente. Quis correr mas minhas pernas não se mexiam, tinha medo de que houvesse uma segunda detonação, pois já haviam chegado muitos curiosos como eu naquela cidade. Por fim, continuei a adentrar naquele show de horrores e vi, quase saindo da cidade, algo estranho que não sei se foi ilusão.

Em uma casa tinham duas pessoas. Uma criança brincava com uma bola colorida e um velho estava sentado em um canto. A criança deixou a bola escapar então fui pegar para ela, achando muito estranho eles estarem ilesos. Quando capturei a bola ela fez algo estranho e fugiu da minha mão indo parar nas do velho e, assim que ele a tocou ela começou a ficar com aspecto envelhecido até que esvaziou.

Virei-me para perguntar à criança o porquê daquilo ter acontecido, mas ela havia sumido. Me virei para o velho e ele me disse algo que sei que era muito importante, mas não consigo me lembrar e desapareceu. Quando dei por mim estava desmaiada fora da cidade. Alguns dias depois eu soube o motivo da destruição daquele lugar.
Tudo ocorreu devido a seu desenvolvimento crescente que se destacava e chamava a atenção das nações vizinhas. Para que não houvesse uma guerra, nossa nação entrou em acordo com as outras e resolveu destruir o foco de discórdia acompanhado de milhares de vidas inocentes. Entre outras palavras, nossa nação nos traiu por um bem maior, segundo eles. Essa traição era para ser mantida em sigilo, algo que não aconteceu e, isso acabou por gerar uma guerra civil culminando na queda do imperador e morte da família real.
Mas ainda hoje, sonho com aquele dia e tento me lembrar do recado importante que me foi dado.

Bom, é isso pessoal!
Espero que tenham gostado.
^^
Até mais!!!
o/
large (7)

Na estrada com NOS4A2

8697988744_004469f798_z

 

Olá xuxuzinhos!!!

Como vocês tem passado?
>.<
Sei que ando sumida, mas a faculdade e uns problemas pessoais me deixaram um pouco ocupada.
>_<
Hoje vou falar sobre um livro incrível que eu terminei de ler há pouco tempo, o nome dele é NOSFERATU, como não sou muito boa com review de livros como a Paula, por favor tenham paciência comigo.
^^’
Nosferatu é um livro de Joe Hill e é classificado como gênero de horror.

Recebeu ótimas críticas de importantes jornais como:

Um dos melhores autores de terror dos Estados Unidos – Times

Nosferatu é o maior e mais ambicioso trabalho de Hill, Você ficará totalmente absorvido pelo livro – Seattle Times

Joe Hill elabora uma batalha épica e crível entre mundos reais e imaginários, criando uma heroína que pode viajar de uma dimensão a outra. Nosferatu é um livro arrepiante e cheio de reviravoltas. Uma obra criativa, astuta e magnífica.- The New York Times

nos4a2_limited

Joe Hill é um autor pouco conhecido ainda, mas eu garanto que é o melhor autor desse gênero da atualidade. No momento, já li três livros dele: A estrada da noite, o pacto e Nosferatu.

O mais interessante desse autor é que ele consegue misturar dois mundos distintos e convencer você de que a existência e a manipulação desses dois universos são possíveis para alguns. Esse foi um dos melhores livros que já li na vida.

Mas vamos parar de enrolação e falar um pouco do enredo.

O enredo não possui uma linguagem complexa, portanto, pode ser lido rapidamente, isso, é claro, se você não se importar de ler a noite.
😛

Neste livro, a personagem principal, Victoria McQueen, também conhecida como Pirralha, rasga o véu da realidade com ajuda de sua bicicleta, uma Tuff Burner, e uma velha ponte, chamada atalho.

Por meio desses dois objetos, ela consegue sair de onde ela está e percorrer distâncias que seriam impossíveis em tempo tão curto e com uma bicicleta. Por exemplo, ela pode atravessar vários estados dos EUA em questão de segundos com sua bicicleta e o atalho.

Mas com o tempo, ela descobre que não é a única que consegue fazer coisas incríveis, Maggie Leigh e suas palavras cruzadas são capazes de dizer tudo o que ela quer saber e mais tarde, Vic acaba conhecendo Charlie Manx e seu Espectro.

Charlie Manx possui seu carro, um Rolls-Royce Wraith, 1938, chamado de Espectro, que é capaz de levá-lo à Terra do Natal, onde não há tristeza e é Natal todos os dias. Neste lugar, ele leva várias crianças para “salvá-las” de seus pais irresponsáveis.

Lugar tentador para se passar o resto da vida não?

Isso foi o que Bing, seu “comparsa” pensou e é exatamente por esse motivo que ele acaba ajudando Manx a sequestrar as crianças. Seria nobre essa atitude se ao, “salvar” as crianças, Manx não sugasse a vitalidade delas e não as transformasse em pequenos monstrinhos cruéis com várias fileiras de dentes.

c25w

 

Durante o livro, Vic e Manx se encontram diversas vezes, mas o clímax é quando…

AQUI CONTÉM SPOILERS!!!


… quando Manx sequestra o filho de Vic e Lou, um garotinho chamado Bruce Wayne Carmody.
Nesta etapa, Vic arranja um novo objeto para rasgar o véu da realidade e ir em busca de seu filho na Terra do Natal.


 

Eis aqui a Terra do Natal para que vocês apreciem.
>.<
wraith3-620x400

 

Bom, vou terminar o post por aqui e, se você quiser saber o final, leia o livro! Ele é simplesmente maravilhoso e eu super recomendo!
É isso e espero que vocês tenham gostado da minha review de Nosferatu.
^^
Até breve
o/

~Mari~

 

tumblr_n97x0rY4Wx1sq6yw6o1_500

 

 

Continuar lendo