Como sairemos deste labirinto?

Illusionary_mazeOlá meus caros leitores!!!

Tenho uma péssima notícia…

Amanhã começarão minhas aulas e, portanto, minhas raras postagens vão se tornar quase extintas.

Mas, para fechar as férias com chave de ouro, resolvi comentar a respeito da frase: “Como sairemos deste labirinto?” que aparece no livro ‘Quem é você Alasca?’.

No livro, a frase é apresentada como últimas palavras de Simón Bolívar por Alasca Young. Nosso protagonista, Miles Halter, passa a se questionar durante toda a trama a respeito do que seria o tal labirinto no momento em que Alasca apresenta as últimas palavras de Bolívar.

A íntegra da frase de nosso personagem histórico é a seguinte:

Ele – ou seja, Simón Bolívar – estremeceu diante da revelação de que a corrida arrojada entre seus males e seus sonhos estavam chegando ao fim. O resto eram trevas. ‘Droga’, ele suspirou. ‘Como sairemos deste labirinto?’

Então chega de enrolação e vamos à especulação…

Labirinto é, em geral, uma representação daquilo que é redundante, que, por vezes, não tem começo nem fim, que, por muitas outras vezes, te conduzem por um caminho dá em lugar nenhum.

Na minha opinião, o labirinto pode representar diversas coisas desde nossas responsabilidades, as quais muitos buscam fugir, ao sofrimento de quem sofre depressão.

E sim, voltamos ao tópico depressão.

Pode parecer meio clichê, algo meio batido, um assunto que todo mundo fala atualmente, mas é algo que deve ser dito. Para pessoas deprimidas é realmente difícil fugir daquela sintonia e encontrar seu caminho para sair desse lugar.

Para pessoas com depressão eu vejo um labirinto com duas saídas: uma no centro e uma na periferia. Cabe a cada indivíduo preso escolher seu caminho.

A saída do centro representaria rendimento.

Após percorrer todo o labirinto e chegar ao centro tem-se duas escolhas a serem feitas: desistir ali mesmo e mergulhar naquela saída, a qual não é possível saber onde vai dar, ou seja, mergulhar no incerto ou pode-se dar meia volta e tentar encontrar o lugar por onde entramos.

A saída na periferia simboliza duas situações: uma em que o indivíduo, que mal entrou, consegue sair e uma fase em que, após percorrer todo o labirinto e encarar o centro, ele resolve continuar a procurar o local por onde entrou.

Para mim, o labirinto representa a vida e o sofrimento, pois ambas as coisas estão interligadas, como já dizia nosso amigo Arthur Schopenhauer:

Viver é sofrer

E para você? O que seria seu labirinto? Suas responsabilidades? Sua vida? Depressão? Seu sofrimento? Suas decisões sempre erradas que te conduzem a lugar nenhum?

Essa postagem foi feita com objetivo de reflexão pois eu passei as férias INTEIRAS pensando nessa frase e no que o labirinto representava para mim e acho que consegui chegar a algum lugar.

Deixo esse questionamento para vocês agora…

Beijinhos de uma Mari chateada pelo início das aulas.
o/

Anúncios

Review: O Clã dos Magos

foto1

Olá pessoal!!!
Faz tempo que não publico nada né?
Pois é, andei sem tempo por causa da faculdade e alguns outros projeto que comecei a fazer parte. Mas estou, há tempos, para falar desse livro pra vocês.
><

Esse livro é o primeiro da trilogia do Mago Negro.

Para quem ama aventura e suspense, recomendo fortemente esse livro.

Nossa protagonista é uma garota de aproximadamente 15 anos chamada Sonea.

A história se passa em um universo alternativo, no qual existem magos, nobreza e favelas. Nossa heroína se origina dessa ultima “classe social” e tudo começa quando os magos fazem sua limpeza anual da cidade.
Essa limpeza consistia em mandar a classe mais pobre, que moravam nas cidades, de volta às favelas. Esse processo se chamava purificação e é nesse evento que a história começa.
Como sempre há revoltas com opressão, muitos favelados, assim chamados nos livros, sempre se rebelam e vão ao local onde ocorre a purificação para protestar e até mesmo jogar pedras, algo inútil contra os escudos de um mago.

Sonea, morava na cidade com seus tios e estava melhorando de vida quando aconteceu a purificação. Separada de seus tios, ela acaba por encontrar alguns amigos de infância que vão à praça central se rebelar contra a purificação. Levada pelo momento, nossa protagonista joga uma pedra também, entretanto, essa pedra atravessa o escudo e atinge um dos magos.

Chocados com o acontecimento, os magos se dão conta de que há uma maga nas favelas e eles vão em busca da garota para treiná-la. No entanto, na tentativa de parar a garota, vários magos atingem um dos espectadores e acabam por matá-lo o que assusta a garota e desperta nela a necessidade de se esconder desses monstros.

Ao longo do livro, um dos amigos de Sonea, Cerryn, a ajuda a se esconder nas favelas e se livrar dos magos.

O que Sonea não sabe é que se não for treinada, sua magia pode acabar consumindo-a e tudo que estiver em volta dela.

Um enredo cativante e surpreendente, vale a pena ler.

Esse foi meu resumo/review do primeiro livro da trilogia.

large (7)

 

 

Na estrada com NOS4A2

8697988744_004469f798_z

 

Olá xuxuzinhos!!!

Como vocês tem passado?
>.<
Sei que ando sumida, mas a faculdade e uns problemas pessoais me deixaram um pouco ocupada.
>_<
Hoje vou falar sobre um livro incrível que eu terminei de ler há pouco tempo, o nome dele é NOSFERATU, como não sou muito boa com review de livros como a Paula, por favor tenham paciência comigo.
^^’
Nosferatu é um livro de Joe Hill e é classificado como gênero de horror.

Recebeu ótimas críticas de importantes jornais como:

Um dos melhores autores de terror dos Estados Unidos – Times

Nosferatu é o maior e mais ambicioso trabalho de Hill, Você ficará totalmente absorvido pelo livro – Seattle Times

Joe Hill elabora uma batalha épica e crível entre mundos reais e imaginários, criando uma heroína que pode viajar de uma dimensão a outra. Nosferatu é um livro arrepiante e cheio de reviravoltas. Uma obra criativa, astuta e magnífica.- The New York Times

nos4a2_limited

Joe Hill é um autor pouco conhecido ainda, mas eu garanto que é o melhor autor desse gênero da atualidade. No momento, já li três livros dele: A estrada da noite, o pacto e Nosferatu.

O mais interessante desse autor é que ele consegue misturar dois mundos distintos e convencer você de que a existência e a manipulação desses dois universos são possíveis para alguns. Esse foi um dos melhores livros que já li na vida.

Mas vamos parar de enrolação e falar um pouco do enredo.

O enredo não possui uma linguagem complexa, portanto, pode ser lido rapidamente, isso, é claro, se você não se importar de ler a noite.
😛

Neste livro, a personagem principal, Victoria McQueen, também conhecida como Pirralha, rasga o véu da realidade com ajuda de sua bicicleta, uma Tuff Burner, e uma velha ponte, chamada atalho.

Por meio desses dois objetos, ela consegue sair de onde ela está e percorrer distâncias que seriam impossíveis em tempo tão curto e com uma bicicleta. Por exemplo, ela pode atravessar vários estados dos EUA em questão de segundos com sua bicicleta e o atalho.

Mas com o tempo, ela descobre que não é a única que consegue fazer coisas incríveis, Maggie Leigh e suas palavras cruzadas são capazes de dizer tudo o que ela quer saber e mais tarde, Vic acaba conhecendo Charlie Manx e seu Espectro.

Charlie Manx possui seu carro, um Rolls-Royce Wraith, 1938, chamado de Espectro, que é capaz de levá-lo à Terra do Natal, onde não há tristeza e é Natal todos os dias. Neste lugar, ele leva várias crianças para “salvá-las” de seus pais irresponsáveis.

Lugar tentador para se passar o resto da vida não?

Isso foi o que Bing, seu “comparsa” pensou e é exatamente por esse motivo que ele acaba ajudando Manx a sequestrar as crianças. Seria nobre essa atitude se ao, “salvar” as crianças, Manx não sugasse a vitalidade delas e não as transformasse em pequenos monstrinhos cruéis com várias fileiras de dentes.

c25w

 

Durante o livro, Vic e Manx se encontram diversas vezes, mas o clímax é quando…

AQUI CONTÉM SPOILERS!!!


… quando Manx sequestra o filho de Vic e Lou, um garotinho chamado Bruce Wayne Carmody.
Nesta etapa, Vic arranja um novo objeto para rasgar o véu da realidade e ir em busca de seu filho na Terra do Natal.


 

Eis aqui a Terra do Natal para que vocês apreciem.
>.<
wraith3-620x400

 

Bom, vou terminar o post por aqui e, se você quiser saber o final, leia o livro! Ele é simplesmente maravilhoso e eu super recomendo!
É isso e espero que vocês tenham gostado da minha review de Nosferatu.
^^
Até breve
o/

~Mari~

 

tumblr_n97x0rY4Wx1sq6yw6o1_500

 

 

Continuar lendo